romanteios
Sinto falta dos sonhos que esqueci, da música que não ouvi, dos amores que perdi. Sinto falta dos desejos que ocultei, dos dias que não dancei, da vida que não vivi. Sinto falta do céu estrelado, da dor de um joelho ralado, do beijinho de boa noite que não foi dado. Sinto falta dos brinquedos quebrados, dos amigos deixados, dos entes que não voltaram. Mas, também sinto falta do tempo desperdiçado, e desse eu sei que só me resta sentir falta.
Acaricia. (via romanteios)